Prefeito de São Gonçalo, RJ, decreta estado de calamidade pública financeira

Medida foi publicada no Diário Oficial do Município na edição desta terça-feira (3). Ato permite a racionalização dos serviços públicos essenciais.

G1

03/01/2017 13:00:53

O prefeito de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, decretou estado de calamidade pública financeira no município. O decreto foi publicado na edição desta terça-feira (3) do Diário Oficial do Município.

Por meio do decreto, o prefeito José Luiz Nanci autoriza adoção de medidas excepcionais necessárias a racionalização dos serviços públicos essenciais. De acordo com a prefeitura, há débitos de R$ 600 milhões do exercício de 2016, quando o município ainda estava sob a gestão de Neilton Mulim.

Nanci assumiu a prefeitura com o prédio sem luz devido a uma dívida de R$ 35 milhões. A energia foi religada após reunião com representantes da concessionária.

Os funcionários do município também estão com os salários atrasados. A estimativa anual da folha de pagamento dos servidores em R$ 400 milhões.No dia 28 de dezembro, a Justiça decretou a prisão do ainda prefeito Neilton Mulim por ter descumprido a ordem de pagar os salários da educação municipal. Desembargador alegou que Mulim fez pouco caso da Justiça.

Além das dívidas e do atraso no pagamento dos salários do funcionalismo municipal, São Gonçalo enfrenta problema grave com a coleta de lixo, que se espalha pelas ruas da cidade e até pela BR-101. O motivo é a falta de pagamento à empresa responsável pelo serviço de limpeza urbana.



notícias | vídeos | cobertura | quem somos |

Júpiter Telecomunicações © (Copyright 1997-2017) Todos os direitos reservados
Imperatriz / MA - Rua Simplício Moreira 1485, Centro
Fone/Fax: (99) 3529-3131 - E-mail: sac@jupiter.com.br
Produced by Rafael Correia Paz

E-mail: sac@jupiter.com.br
Cnpj: 01.625.636/0001-91