Abel diz que Flu foi envolvido pelo Palmeiras e se arrepende de escalação

Treinador lembra desgaste de time em Quito, revela que pensou em trocar atletas, mas mudou de ideia: "O técnico que não segue sua consciência e sua equipe perde, tem que ser o responsável"

Marcelo Baltar

Globo Esporte

25/09/2017 08:43:18

Franco como de hábito, o técnico Abel Braga chamou a responsabilidade pela derrota para o Palmeiras, no Maracanã. O resultado - 1 a 0 para os paulistas, gol de Egídio - deixa o Fluminense na 12ª posição, a oito pontos do G-6 e a três da zona de rebaixamento.

O treinador revelou que pensou em mudar a equipe, trocar mais jogadores, por causa do cansaço da viagem para Quito. Na última quinta-feira, o Fluminense perdeu para a LDU por 2 a 1, mas se classificou pelo placar de 1 a 0 no Maracanã. Pelas derrotas históricas do clube em finais para os equatorianos, a classificação foi marcante para toda a equipe.

- Já aconteceu fato igual (de cansaço), quando jogamos com o Sinop na Copa do Brasil. Chegamos na sexta para disputar a Taça Guanabara e vencemos. Mas a responsabilidade é minha. Após o apito final na quinta, pela atitude dos jogadores em campo, que deitaram no gramado... Na minha cabeça, eu estava com muita consciência de que mudaria a equipe.

O técnico, no entanto, reviu sua posição ao conversar com os atletas. Ele demonstrou arrependimento pela decisão e disse que deveria ter modificado a equipe como pensou anteriormente.

- Ontem, conversando com os jogadores, me deixei levar. Todos disseram que estavam muito bem. O treinador que não segue sua consciência e sua equipe perde, tem que ser o responsável. Eu sou o responsável pela derrota, apesar de a equipe ter melhorado e corrido muito no segundo tempo. Mas foi o primeiro que nos causou a derrota. Fomos totalmente envolvidos pelo Palmeiras. Vitória justa deles, não correram riscos, domínio absoluto no início. Responsabilidade é minha. Não vou culpar os jogadores. Errei na escalação e na estratégia

Diferença mandante e visitante

Hoje temos uma campanha melhor fora de casa do que em casa. Mas com certeza, eles sabendo do nosso jogo na altitude, tiveram uma estratégia. Há muito tempo não vejo uma equipe trocando tanto de posição para cansar meus jogadores. Apesar do domínio, o gol surge de uma bola boba, um passe bobo. O mental não estava funcionando legal. Mas temos nossa responsabilidade por perder em casa.

Qualidades do Palmeiras

O Palmeiras é uma equipe com Dudu e William muito vertical. O Palmeiras procura não correr riscos no meio de campo. Quando o time está apertado, eles lançam o Deyverson, que é excepcional na primeira bola. Marcamos mal e isso foi conversado. Quando perdemos essa primeira bola com William e Dudu, é mortal. Por acaso o gol nasce dessa maneira.

Gol de Egídio

Réplica do gol do Ramon do Vasco: mesmo lugar e mesmo ângulo. Esse foi até mais difícil.

Erro de Wendel

O Wendel errou, como todos erraram. Os caras estão correndo muito. Tem jogo que você consegue se sobressair um pouco, outros não. Hoje tivemos muitos jogadores abaixo. Tivemos seis, sete jogadores muito abaixo. O Douglas foi muito superior aos outros dois jogos. Mas não vou questionar meus jogadores. Foram mais uma vez no limite.

Robinho

Foi difícil para o Robinho, chegando agora. Primeiro jogo como titular, contra o Palmeiras, no Maracanã. Não dá para cobrar do Robinho. Tenho que cobrar internamente. Aqui estou assumindo 100% da derrota.

Sornoza

O Sornoza não está 100%. Assim como quando o Douglas voltou. Mas o Douglas teve problema treinando. O Sornoza ficou quase três meses sem atividade. Mas pelo o que tem mostrado nos treinos e nos jogos, quem sabe contra o Grêmio, ele já encontra um espaço na equipe. Sei que é um jogador que posso contar, jogador de grupo e com experiência. Apesar de jovem, já jogou Libertadores.

Wendel e superioridade do Palmeiras

Torcedor às vezes não entende ou exige demais de um jogador que procura organizar e se doa. O Wendel é um cara que sempre dá a cara a bater. Hoje não podemos falar nada. O adversário foi superior, nos deu pouquíssimas chances



notícias | vídeos | cobertura | quem somos |

Júpiter Telecomunicações © (Copyright 1997-2017) Todos os direitos reservados
Imperatriz / MA - Rua Simplício Moreira 1485, Centro
Fone/Fax: (99) 3529-3131 - E-mail: sac@jupiter.com.br
Produced by Rafael Correia Paz

E-mail: sac@jupiter.com.br
Cnpj: 01.625.636/0001-91