O sistema de infotainment do carro pode ser mais perigoso que o smartphone

POR IGOR NAPOL

TecMundo

01/12/2017 10:10:30

Um estudo encomendado pela Associação Norte-Americana dos Automóveis (AAA) mostrou que mexer no seu sistema de infotainment enquanto dirige é tão grave quanto ficar no celular na mesma situação.

O documento mostrou que o condutor leva, em média, 40 segundos para mexer com a função de navegação e, se você estiver dirigindo, esse é o tanto que você fica sem prestar atenção no que realmente interessa: a rua ou estrada em que você está andando. Essa é a pior distração na lista que foi criada como resultado do estudo, com a troca de mensagens via smartphone vindo em segundo lugar.

Infotainment

Esses 40 segundos se traduzem na distância aproximada de quatro estádios de futebol a uma velocidade de 40 quilômetros por hora. A instrução da associação, portanto, é que você tenha sua interação com a central de infoentretenimento antes de começar a andar. Alguns desses sistemas, inclusive, quando equipados com Android Auto ou Apple CarPlay, bloqueiam a tela quando o veículo está em movimento.

A AAA ainda colocou 23 modelos específicos, como o Tesla Model S e o Mustang GT, como os que mais demanda atenção dos motoristas em funções específicas, como fazer ligações, enviar um texto, mexer no rádio e programando a navegação. O Corolla, por outro lado, exige atenção moderada. O curioso é que nenhum modelo apareceu como necessitando de pouca atenção. A lista completa pode ser conferida na versão online do estudo.



notícias | vídeos | cobertura | quem somos |

Júpiter Telecomunicações © (Copyright 1997-2017) Todos os direitos reservados
Imperatriz / MA - Rua Simplício Moreira 1485, Centro
Fone/Fax: (99) 3529-3131 - E-mail: sac@jupiter.com.br
Produced by Rafael Correia Paz

E-mail: sac@jupiter.com.br
Cnpj: 01.625.636/0001-91