Soldado do Exército é preso após roubar carro com fuzil e ir trabalhar no veículo

Soldado do Exército aparece exibindo fuzil que utilizava para praticar roubos Foto: Reprodução

Luã Marinatto

extra

10/08/2017 08:11:42

Um soldado do Exército Brasileiro teve a prisão decretada pela Justiça, nesta quarta-feira, por suspeita de envolvimento com um assalto ocorrido na última sexta. Jhon Alysson Freitas Costa, de 19 anos, é lotado na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO) da corporação, situada em Deodoro, na Zona Oeste do Rio. De acordo com informações da 31ª DP (Ricardo de Albuquerque), responsável pelo caso, as investigações tiveram início quando uma seguradora de automóveis informou aos militares que um carro roubado havia sido rastreado até o pátio da unidade.

 

Após esse contato inicial, integrantes da Polícia do Exército localizaram o suspeito, que prestava serviço naquele momento. Jhon Alysson foi então encaminhado à delegacia distrital, na tarde desta terça-feira, onde prestou depoimento — a princípio sob a suspeita somente do crime de receptação. Inicialmente, ele alegou ter adquirido o veículo de um mecânico.

Convocado a comparecer à unidade, o profissional indicado pelo soldado assegurou que não havia participado de qualquer negociação com Jhon Alysson. Na sequência das oitivas, o militar acabou admitindo ter realizado o roubo na companhia de outros bandidos do Morro do Tiradentes, pertencente ao Complexo do Chapadão, onde o jovem reside. No telefone celular do rapaz, foram encontradas várias fotos em que ele aparece empunhando o mesmo fuzil M16 que portava ao cometer o crime, conforme o relatado por testemunhas.

Na delegacia, tanto o motorista de Uber quanto o passageiro transportado no momento do assalto indicaram Jhon Alysson como integrante do bando que praticou o roubo. Uma das vítimas reconheceu a voz do soldado e também o casaco que ele vestia ao ser preso, o mesmo que usava na noite do assalto. O veículo, um |JAC J5 branco cuja versão zero quilômetro pode custar mais de R$ 60 mil, foi devolvido ao proprietário.

— Já apuramos que ele também tem envolvimento com o tráfico de drogas do Chapadão. Agora, mesmo sendo militar, ele será encaminhado ao sistema penitenciário estadual — explicou o delegado Renato Perez, titular da 31ª DP.

 

 

 

Após esse contato inicial, integrantes da Polícia do Exército localizaram o suspeito, que prestava serviço naquele momento. Jhon Alysson foi então encaminhado à delegacia distrital, na tarde desta terça-feira, onde prestou depoimento — a princípio sob a suspeita somente do crime de receptação. Inicialmente, ele alegou ter adquirido o veículo de um mecânico.



notícias | vídeos | cobertura | quem somos |

Júpiter Telecomunicações © (Copyright 1997-2017) Todos os direitos reservados
Imperatriz / MA - Rua Simplício Moreira 1485, Centro
Fone/Fax: (99) 3529-3131 - E-mail: sac@jupiter.com.br
Produced by Rafael Correia Paz

E-mail: sac@jupiter.com.br
Cnpj: 01.625.636/0001-91